29/12/2014

(Li até a página 100 e...) O Código da Vinci - Dan Brown


PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
"A pergunta recebeu vários minutos de silêncio como resposta"

DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Robert Langdon, novamente, tem seu sono interrompido por uma chamada urgente e de um desconhecido. No Museu do Louvre, Jacques Saunière, o curador, é assassinado. Momentos antes de morrer, ele deixa uma mensagem cifrada para Langdon e Sophie Neveu. Enquanto os dois tentam decifrá-la, Robert se transforma no principal suspeito. 

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Dan Brown continua com sua escrita envolvente. Cada página lida faz com que eu tenha mais vontade de ler.

O QUE ESTÁ ACHANDO DO PERSONAGEM PRINCIPAL?
Desde "Anjos e Demônios", venho nutrindo uma séria paixão pelo Robert a íntima. Ele é tão inteligente, sagaz... Se ele existisse, iria me casar com ele (risos). 

MELHOR QUOTE ATÉ AGORA?
"A arte do homem é uma tentativa de imitar a beleza gerada pelas mãos do Criador." Página 79

VAI CONTINUAR LENDO?
Eu, simplesmente, não consigo parar de ler. E, quando dou uma pausa, fico pensando: "qual o código da Vinci?"

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA?
– Sophie Neveu –  respondeu Fache. –  Foi ela que contou a ele. 

*PERSONAGEM MARCANTE?
O enigmático capitão Bezu Fache. Acho esse cara muito estranho.  


FICHA TÉCNICA
Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa Sophie Neveu e Robert Langdon, um simbologista, podem desvendar. Eles viram suspeitos e em detetives enquanto tentam decifrar um intricado quebra-cabeça que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando os ingredientes de um envolvente suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade. 
Adicione ao skoob aqui
Título: O Código da Vinci
Autor: Dan Brown
367 páginas
Editora: Arqueiro
ISBN: 85-99296-12-4
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva


*Anjos e Demônios (resenha aqui) narra a primeira aventura de Robert Langdon. Mas, se você quiser ler primeiro O Código da Vinci, seu entendimento da história não será alterado, pois o autor criou histórias bem independentes.

28/12/2014

(Os mais cobiçados da semana) #10

E mais uma semana passou... é claro, né?! Vamos falar de cobiça? Essa palavra é um pouco forte, eu sei. Ah, desculpa se houver algum erro na postagem, pois, como dizem, eu estou virada, ou seja, não durmo há quase 24 horas. A insônia é um pouco ruim, mas eu fico tão produtiva nessas noites em que não prego os olhos.

O CLÁSSICO ESTRANGEIRO MAIS COBIÇADO: ORGULHO E PRECONCEITO - JANE AUSTEN
–Karina, como assim você ainda não leu nada dessa autora super conhecida?
Bem, eu também me pergunto isso. Não vou nem falar que só li resenhas positivas desse livro e que eu preciso ler esse livro para ontem. Orgulho e Preconceito é o tipo de leitura obrigatória para qualquer leitor.
Sinopse: Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu.
O ROMANCE MAIS COBIÇADO: O APANHADOR NO CAMPO CENTEIO - J. D. SALINGER 
Olha, a vontade de ler esse livro veio após eu começar a visitar o blog Nina é uma. Toda postagem que precisa citar um livro bom, ela cita essa obra.
Sinopse: À espera no centeio (O Apanhador no Campo de Centeio na edição brasileira) narra um fim-de-semana na vida de Holden Caulfield, jovem de 16 anos vindo de uma família abastada de Nova York. Holden, estudante de um reputado internato para rapazes, volta para casa mais cedo no inverno depois de ter recebido más notas em quase todas as matérias e ter sido expulso. No regresso a casa, decide fazer um périplo adiando assim o confronto com a família. Holden vai refletindo sobre a sua curta vida, repassa sua peculiar visão de mundo e tenta definir alguma diretriz para seu futuro. Antes de enfrentar os pais, procura algumas pessoas importantes para si (um professor, uma antiga namorada, a sua irmãzinha) e tenta explicar-lhes a confusão que passa pela sua cabeça. Foi este livro que criou a cultura-jovem, pois na época em que foi escrito, a adolescência era apenas considerada uma passagem entre a juventudade e a fase adulta, que não tinha importância. Mas esse livro mostrou o valor da adolescência, mostrando como os adolescentes pensam.
O SOBRENATURAL MAIS COBIÇADO: ETERNIDADE S.A. - DANIEL ROSSI
Li uma resenha desse livro no blog parceiro Um Sofá à Lareira e gostei bastante da história. Ah, ele é nacional. Sei que disse que, depois de ler O Legado da Caça-Vampiro, iria dar um tempo em livros com esses seres sobrenaturais, mas eu, simplesmente, não consigo.
Segredos guardados através de toda a história humana veem à tona nesta eletrizante trama sobrenatural, trazendo vampiros e lobisomens para o mundo implacável das grandes corporações.

Beijos e amanhã 20:00 horas tem postagem nova! Vou dormir...

27/12/2014

(Nova Parceria) Mylena Araújo, Autora da Trilogia Valera

A Mylena foi a primeira autora que eu solicitei parceria. Só que a parceria só foi firmada quando comprei o livro A Herdeira de Ótavos, portanto, só agora que pude anunciá-la. Desde o começo do blog, venho querendo parceria com essa escritora. Gosto bastante das premissas de seus livros. Então, conheça a autora e sua obra: 


SOBRE A AUTORA
É uma escritora nacional de ficção/sobrenatural e fantasia. Natural de Fortaleza, nascida em 2 de setembro de 1991. Seu gosto pela leitura começou com os livros da saga Harry Potter, desde então passou a escrever fanfics inspiradas no famoso bruxinho. Publicou seu primeiro livro “O Mundo de Marguerite Sülever” em 2013, posteriormente mais dois volumes da quadrilogia Elyse Dark. Atualmente a autora dedica seu tempo a sua primeira trilogia fantástica “Valera" estreando na 23º Bienal Internacional de São Paulo com o vol. 1 - A herdeira de Ótavos, que traz aventura e ação.
Como diz Peter Pan: “Pensamentos felizes te fazem voar”.
ENCONTRE A AUTORA 

O QUE ELA DIZ SOBRE A TRILOGIA VALERA...
"Essa é minha quinta obra, mas a primeira no gênero de fantasia. A trilogia Valera contará com muita ação, aventura e romance em seus respectivos volumes. 
O primeiro livro: A herdeira de Ótavos, é narrado em terceira pessoa, sendo Eena a personagem principal. Valera é um reino de minha criação, onde introduzi criaturas novas e as já conhecidas da nossa literatura. O livro 1 é uma história de revelações, focada no passado da jovem herdeira. Ela embarcará ao lado de anjos, fadas, dragões e muito mais em um mundo lendário, mágico e poderoso. E prepare-se para os grandes vilões. 
A obra contou com a participação de oito betas leitores... as resenhas foram publicadas em Agosto deste ano, antes do lançamento na bienal de São Paulo." 

Sinopse: Eena é uma jovem que não conhece seu verdadeiro passado e após o acidente dos pais, ela se vê da noite para o dia ligada a uma profecia poderosa, na qual o príncipe amotinado é a peça principal. Inesperadas revelações mudarão drasticamente seu destino. Uma história repleta de descobertas, ação, perigosos vilões e um mundo mágico. 

Adicione ao Skoob aqui
Título: A Herdeira de Ótavos - Volume 1 (Trilogia Valera)
Autora: Mylena Araújo
Editora: TDL
ISBN: 9788567208169
Ano: 2014 
280 páginas
Compre: Editora Tribo das Letras | Amazon

OUTRAS OBRAS DA AUTORA:
*Clique na imagem das capas para adicionar os livros à sua estante no Skoob.

  
 

Conheça o trabalho da escritora no Wattpad. Ela, no momento, está escrevendo um livro de ficção-científica, Não-Humanos. Acesse esse link e leia. Ah, e olha que legal: já tem editora de olho nesse novo trabalho! Leia, também, os primeiros capítulos de  A herdeira de Ótavos nesse link.

26/12/2014

(Ah, Parece Com... ) O Legado da Caça-Vampiro - Colleen Gleason

Esse tempo que estou passando "de molho" aqui em casa está me tornando uma pessoa muito criativa. Não sei bem como e quando surgiu a ideia de criar essa coluna. "Ah, Parece Com..." será destinada a apresentar atores e atrizes que eu relaciono com os personagens dos livros que leio. Não sei se sou só eu, mas muitas vezes eu não levo em conta a forma como os autores descrevem seus personagens e os vejo de forma completamente diferente. Por vezes, eu acabo associando a algum ator ou cantor. 

Enfim, hoje vamos falar de três personagens do livro "O Legado da Caça-Vampiro":

MAXIMILIANO PESARO
Eu sei que deveria falar primeiro da Vitória, a protagonista, mas eu curto demais esse carinha. O Max faz o tipo "esquentadinho e não estou nem aí para nada, não tenho coração, nem sentimentos mesmo". Ele ajuda Vitória na caça aos vampiros, ou seja, é um Venador, o que talvez seja o motivo de tanta frieza e mal humor.

Quando eu li esse livro, não imaginei o Max como um ator. Eu acabei criando um rosto e, estranhamente, quando fui procurar o segundo livro da série, eu me deparei com essa capa:


Sem ter visto essa capa antes, imaginava o Max dessa maneira, coincidência ou não, foi algo bem estranho.

MARQUÊS DE ROCKLEY (FILIPE)

Tudo bem, não foi exatamente assim que eu imaginei o marquês. Acrescente uma roupa de época, uns anos e você imaginará Rockley como imaginei.

VITÓRIA GARDELLA

E aí está a nossa protagonista. Encontrar um rosto para essa personagem foi um pouco difícil.

Não sei se apenas eu achei isso, mas o rosto da atriz, modelo e cantora indiana, Priyanka Chopra, parece um pouco com o rosto da capa do livro.

Bom, então por hora é só. Deem sugestões sobre como eu posso deixar a coluna nova mais interessante, falem se gostou. Obrigada pelas visitas!

FICHA TÉCNICA
Sinopse: Vitória Gardella é jovem, linda e usa piercing no umbigo. Ela vive na Inglaterra do século XIX e herdou um legado: matar vampiros. Londres, 1810. Num ambiente que lembra os romances de Jane Austen, como Orgulho e Preconceito e Razão e Sensibilidade, uma jovem linda e sensual, Vitória Gardella, debuta na sociedade e precisa arrumar um marido rico. Mas Vitória parece viver 200 anos adiante de seu tempo. Quer levar vida independente. Usa piercing no umbigo. E herdou um terrível Legado – o de ser uma Venadora, ou caça-vampiro. Você não precisa esquecer tudo o que leu sobre vampiros, de Bram Stocker a Stephenie Meyer, mas vai se surpreender e se arrepiar com esse novo jeito elegante, erótico, sangrento e eletrizante de contar uma história.
Adicione ao skoob aqui
Título: O Legado da Caça-Vampiro
Subtítulo: Crônicas Vampíricas de Gardella
Autora: Colleen Gleason
375 páginas
Editora: Jardim dos Livros
ISBN: 978-85-63420-02-2
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva

Veja "O Legado da Caça-Vampiro" em outros posts:

25/12/2014

(No Ritmo da Leitura) O Legado da Caça-Vampiro - Colleen Gleason

Primeiramente, quero desejar um feliz Natal para todos que estão lendo esse post. E, já no clima de fim de ano, desejo um 2015 feliz e de muitas realizações. Obrigada por ter passado esse ano junto ao blog e, obviamente, junto a mim. Vocês fizeram de 2014 um ano muito bom.
***
O Legado da Caça-Vampiro pode não ter sido o melhor livro que li, mas a autora, com sua forma de descrever cada cena, conseguiu me transportar para Londres do século XIX.

Mãos enluvadas, valsas e afins estão presentes no enredo. Contudo, nas sombras, encontram-se as criaturas da noite mais aclamadas atualmente: vampiros. Já é fato que eles conquistaram seu espaço no nosso imaginário e Literatura. Diferentemente dos livros que alcançaram sucesso, em O Legado da Caça-Vampiro os vampiros são descritos da forma como os conhecemos: frios e maus.

A autora mesclou o suspense e ação, que obras com vampiros como personagens nos proporcionam, com a luxuosidade dos grandes eventos que só vemos em livros históricos, como esse. Fiquem, então, com essa dualidade que a obra proporcionou expressa na música.

"A mulher estava sentada em um dos sofás e o vampiro encontrava-se ameaçadoramente atrás dela. O coração de Vitória acelerou. Aqui estava ela, cara a cara com um morto-vivo. Sem a vantagem da surpresa, com o problema adicional de uma vítima." Página 65.
– Parece ser uma valsa, Srta. Grantworth... Lady Melisande, a senhora permite que sua filha dance uma valsa? Página 57.

FICHA TÉCNICA
Sinopse: Vitória Gardella é jovem, linda e usa piercing no umbigo. Ela vive na Inglaterra do século XIX e herdou um legado: matar vampiros. Londres, 1810. Num ambiente que lembra os romances de Jane Austen, como Orgulho e Preconceito e Razão e Sensibilidade, uma jovem linda e sensual, Vitória Gardella, debuta na sociedade e precisa arrumar um marido rico. Mas Vitória parece viver 200 anos adiante de seu tempo. Quer levar vida independente. Usa piercing no umbigo. E herdou um terrível Legado – o de ser uma Venadora, ou caça-vampiro. Você não precisa esquecer tudo o que leu sobre vampiros, de Bram Stocker a Stephenie Meyer, mas vai se surpreender e se arrepiar com esse novo jeito elegante, erótico, sangrento e eletrizante de contar uma história.
Adicione ao skoob aqui
Título: O Legado da Caça-Vampiro
Subtítulo: Crônicas Vampíricas de Gardella
Autora: Colleen Gleason
375 páginas
Editora: Jardim dos Livros
ISBN: 978-85-63420-02-2
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva

Veja "O Legado da Caça-Vampiro" em outros posts:

23/12/2014

(Nova Parceria) Marcia Dantas, Autora do Livro Reescrevendo Sonhos


Estou pulando de felicidades! Consegui fechar parceria com essa escritora super simpática. Assim que li a sinopse e as resenhas que foram feitas, fiquei super curiosa para ler Reescrevendo Sonhos. Estava um pouco sem jeito de solicitar a parceria, afinal, o Eu e Minha Cultura ainda (vejam bem: ainda) não é um blog com tantos acessos e seguidores. Contudo, a escritora aceitou a parceria. Logo, logo estarei trazendo a resenha do livro. Conheça, então, um pouco dela, da sua obra e saiba como adquirir o seu exemplar.


SOBRE A AUTORA
MARCIA DANTAS nasceu e reside na cidade de São Paulo. Formada em 2012 em História - Licenciatura Plena pela UNIFAI, atua como professora da disciplina da rede de escolas estaduais.Afeita a músicas e nerdices em geral, não resiste a um bom livro e uma trilha sonora inspiradora – rock, de preferência. Também é apaixonada por muitas e muitas séries.
Tem na escrita sua paixão desde os mais tenros dias. No entanto, se considera praticante desde 2008, quando conheceu e mergulhou no mundo das fanfics que muito ensinaram sobre essa arte.
Reescrevendo Sonhos é sua primeira publicação.
ENCONTRE A AUTORA: Twitter | Facebook | Blog | Fanpage Skoob E. Novo Romance

A OBRA:

Sinopse: Luciana sempre soube da capacidade de sua mente de criar boas histórias para os seus livros, mas jamais poderia imaginar que também poderiam surgir sonhos tão fora do comum.
A escritora, que encontrou a prisão de uma crise criativa depois de uma tragédia vivida, viu nos sonhos com o rosto de uma mulher desconhecida o impulso que precisava para começar um novo livro. No entanto, a ausência de respostas para a origem da misteriosa alucinação acabou não permitindo que a história encontrasse um desfecho adequado.
O que ela não poderia esperar era que a ajuda viria de Bárbara, uma pessoa enviada especialmente pela editora, cuja semelhança assustadora com a pessoa de seus sonhos fez com que as perguntas sobre os mistérios de sua mente ficassem ainda mais complexas e intrigantes.
Reescrevendo Sonhos é uma história sobre barreiras que são impostas por nós mesmos. E como a mente, um lugar realmente misterioso, pode revelar mais respostas que podemos imaginar.
Adicione ao skoob aqui
Título: Reescrevendo Sonhos
Autora: Marcia Dantas
Editora: Novo Romance 
Pré venda: 08 de Janeiro de 2015 pelo site
Valor: 25,55 + Frete 

BOOK TRAILER:

Adquira o seu exemplar na pré-venda, de 8 à 31 de janeiro, através do site da loja da editora Novo Romance.  


Compareça ao evento (pré-venda "Reescrevendo Sonhos") no Facebook aqui.

22/12/2014

(Resenha) O Legado da Caça-Vampiro – Colleen Gleason


Lançado em 2010, o romance de estreia da autora Colleen Gleason tem como protagonista Vitória Gardella. Ela recebe um Legado de família: caçar e matar mortos-vivos (vampiros), ou seja, ser uma Venadora (caça-vampiro).

A partir do momento que aceita esse Legado, ela terá que conseguir conciliar seus dois mundos: o sombrio, violento, com vampiros sempre à espreita, à procura de um deslize seu para, então, enfiar seus dentes em um pescocinho; e o com valsas, bailes, mãos enluvadas, vestidos luxuosos, visando uma única meta: casar-se com um homem rico e bonito, dando mais atenção para o primeiro adjetivo.  

O Legado da Caça-Vampiro é narrado em terceira pessoa, o que daria mais liberdade para a autora descrever cenas onde o narrador-personagem não estivesse presente. Não obstante, a autora resolveu abrir mão desse recurso, usando-o em momentos desnecessários e esquecendo-o em momentos cruciais e que traria uma dinâmica bem interessante.

Inicialmente, o que me encantou foi a oportunidade de ler uma história onde vampiros fossem descritos da forma que eu os conheci: frios e maus. Não tenho nada contra vampiros do tipo Edward, de Crepúsculo, no entanto há um momento que todo aficionado por sugadores de sangue sente falta de vê-los descritos da forma como foram, inicialmente, apresentados.

Depois de lidas as 100 primeiras páginas, ou antes, notamos que a sinopse é enganadora, escondendo elementos importantes da história e que, talvez, atraísse mais leitores. Por exemplo, eu não achei a protagonista "excêntrica" e tão "adiante do seu tempo". Ela, somente e simplesmente, quer escolher bem o seu marido e acha alguns eventos da sociedade chatos. O piercing que ela usa no umbigo não é colocado lá por uma questão de estética, como a sinopse sugere.

Geralmente, um livro com esta quantidade de páginas, 375, eu leria em três, quatro dias, ou menos. Entretanto, o livro não me deixou com aquela vontade de passar horas e horas sentada, devorando cada página. A autora parecia que queria – vou usar um termo bem chulo, mas é o único que me vem à mente  encher linguiça no início e meio do livro para nos brindar com um grande acontecimento somente nas últimas páginas. E foi exatamente isso que aconteceu.

No início e meio do livro, as únicas coisas que acontecem é Vitória matando vampiros, Vitória em bailes, concertos, Vitória flertando com seu pretendente, Vitória brigando com seu ajudante na caça aos vampiros. O lado sobrenatural da história nessas páginas fica por conta da captura de um objeto que a Rainha dos Vampiros quer muito, pois aumentará o seu poder. Falando em Rainha dos Vampiros, um elogio é necessário: ao criar uma história que explica o surgimento do primeiro vampiro, a autora inovou bastante nessas páginas iniciais. 

"A mulher estava sentada em um dos sofás e o vampiro encontrava-se ameaçadoramente atrás dela. O coração de Vitória acelerou. Aqui estava ela, cara a cara com um morto-vivo. Sem a vantagem da surpresa, com o problema adicional de uma vítima." Página 65.

As cenas de ação foram descritas com maestria. Ela não usou de exageros, como usar uma folha inteira descrevendo um local, para fazer com que nos sentíssemos dentro da cena, para que víssemos a cena. Essas cenas foram o ponto auto nessas páginas iniciais. Ela também sabe descrever minuciosamente cenas mais hots, nenhuma que faça com que o livro se enquadre no gênero erótico. Os salões, os vestidos, os penteados, tudo foi descrito de uma maneira que fez com que eu realmente me sentisse em Londres do século XIX.

Devo dizer que autora, também, surpreendeu a não colocar um romance entre dois personagens. Logo nos primeiros capítulos parecia que a autora faria isso, mas, daí, ela escolheu outro caminho. E acontecimentos importantes aconteceram em um ponto da leitura que eu nunca imaginaria que ela colocaria. Ponto positivo para o quesito "surpresa", então.

Colleen Gleason usou o Cliffhanger na passagem de um capítulo a outro (não conhece o recurso? Leia esse post e compreenda). Entretanto, ele não foi suficiente para me deixar curiosa e ávida para chegar logo ao fim do livro.

A autora teve boas ideias, mas não soube colocá-las no papel. Recomendo o livro para quem, assim como eu, senti falta dos vampiros malvados, que dilaceram os pescoços de suas vítimas. 

Notei alguns erros gramaticais na obra, como a falta de vírgulas, e erros de digitação, nada que comprometesse o entendimento. A capa é linda, como vocês podem ver. As páginas possuem nas bordas umas manchas como se fosse sangue sendo derramado, o que caiu bem, se levarmos em conta a temática do livro. As páginas são amarelas, facilitando a leitura, por não cansar tanto a vista. Comprei o meu exemplar na FELIS (Feira do Livro de São Luís 2014) e, não vou mentir, a capa foi a segunda coisa que fez com que eu efetuasse a compra. A primeira? Bom, ele custou apenas R$10,00. 

FICHA TÉCNICA
Sinopse: Vitória Gardella é jovem, linda e usa piercing no umbigo. Ela vive na Inglaterra do século XIX e herdou um legado: matar vampiros. Londres, 1810. Num ambiente que lembra os romances de Jane Austen, como Orgulho e Preconceito e Razão e Sensibilidade, uma jovem linda e sensual, Vitória Gardella, debuta na sociedade e precisa arrumar um marido rico. Mas Vitória parece viver 200 anos adiante de seu tempo. Quer levar vida independente. Usa piercing no umbigo. E herdou um terrível Legado – o de ser uma Venadora, ou caça-vampiro. Você não precisa esquecer tudo o que leu sobre vampiros, de Bram Stocker a Stephenie Meyer, mas vai se surpreender e se arrepiar com esse novo jeito elegante, erótico, sangrento e eletrizante de contar uma história.
Adicione ao skoob aqui
Título: O Legado da Caça-Vampiro
Subtítulo: Crônicas Vampíricas de Gardella
Autora: Colleen Gleason
375 páginas
Editora: Jardim dos Livros
ISBN: 978-85-63420-02-2
Compre: Cultura | Amazon | Saraiva


Veja O Legado da Caça-Vampiro em outros posts:

21/12/2014

(Os mais cobiçados da Semana) Especial: Clássicos Estrangeiros #9

Hoje é domingo, leitores. Então vamos falar de livros que cobiçamos? Não, não é preciso falar toda a nossa listinha, pois ficaríamos aqui pela eternidade e além. Resolvi, hoje, dar uma inovada nessa coluna. Especialmente nesse domingo, vamos falar dos clássicos estrangeiros. 

ROMEU E JULIETA - WILLIAM SHAKESPEARE
Falar de clássicos, e não citar Romeu e Julieta é impossível. Já tem um tempo que quero ler esse livro, mas toda vez eu leio outro da minha lista. Contudo, em 2015 esse será o meu primeiro empréstimo na  Biblioteca Pública Benedito Leite.

*Clique nas imagens para adicionar os livros à sua estante no Skoob.

Sinopse: Em Verona, na Itália, por volta de 1600, a rivalidade entre os Montecchios e os Capuletos acentua-se e os conflitos estendem-se a parentes e criados, apesar do apelo do príncipe pela paz. Num baile de máscaras na casa dos Capuletos, Romeu Montecchio conhece Julieta Capuleto. A paixão é mútua e instantânea. Ao descobrir que pertencem a famílias inimigas, os dois se desesperam. Resolvem casar-se secretamente, com a cumplicidade de frei Lourenço. No entanto, o destino desse amor seria trágico.
O GRANDE GATSBY - F. SCOTT FITZGERALD
Já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia a sua história, ou seja, só conhecia o título. Achei a premissa do livro parecida com O Morro dos Ventos Uivantes e, como me apaixonei por esse outro clássico, creio que O Grande Gatsby não irá decepcionar.

Sinopse: Obra-prima de Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby é o romance americano definitivo sobre os anos prósperos e loucos que sucederam a Primeira Guerra Mundial. O texto de Fitzgerald é original e grandioso ao narrar a história de amor de Jay Gatsby e Daisy. Ela, uma bela jovem de Lousville e ele, um oficial da marinha no início de carreira. Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. A história é contada por um espectador que não participa propriamente do que acontece - Nick Carraway. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente.
... E O VENTO LEVOU - MARGARET MITCHELL
Ah, não vou mentir. Já conhecia o livro também pelo título, entretanto só tive real interesse na história quando escutei a Caroline, de Diários de um Vampiro, citá-lo... Hum, acho que foi em um episódio da segunda temporada, não lembro bem.

Sinopse: Ano de 1861. O sul dos Estados Unidos está prestes a ingressar na sangrenta Guerra Civil norte-americana. Na fazenda Tara, na Geórgia, a bela jovem impetuosa e mimada Scarlett O’Hara transforma-se em mulher prática e disposta a tudo para conquistar o que deseja. Frustrada por não conseguir se casar com Ashley Wilkes, Scarlett acaba se envolvendo com o aventureiro Rhett Butler, com quem viverá uma das histórias de amor mais célebres e conturbadas da literatura. A guerra é intensa e o cerco dos ianques, incisivo, levando a fazenda a uma situação desastrosa de fome e desespero. 
Margaret Mitchell descreve de maneira impressionante a Guerra Civil norte-americana e retrata as grandes mudanças que pavimentaram a história dos Estados Unidos. 
E o vento levou é uma das obras mais notáveis da literatura norte-americana. Publicado originalmente em 1936, o romance ganhou o Prêmio Pulitzer no ano seguinte. Os dois volumes retratam uma das histórias de amor mais famosas da literatura mundial, um clássico imortalizado no cinema por Vivien Leigh e Clark Gable, ganhador de oito Oscar.
MADAME BOVARY - GUSTAVE FLAUBERT
Madame Bovary causou muita polêmica quando foi lançado em 1857 e causa até hoje. Não sei se alguém aqui se lembra de um episódio que estreia ninguém menos que Valesca Popozuda e uma editora. A cantora tirou uma foto dela lendo o livro e a editora insinuou que ela podia até ler, mas entender a história era outra coisa. Só para vocês terem uma noção, o livro levou o autor, Gustave Flaubert, ao tribunal! #Tenso

Publicação da editora na íntegra: "Valesca Popozuda acaba de aparecer nas redes lendo Madame Bovary, de Flaubert – um magnífico livro sobre a libertação de uma mulher, escrito no século 18. Quero saber se ela soube interpretar (KKKKKKKKKKK) pois a maioria das pessoas ACHA que sabe ler".

Sinopse: A personalidade literária de Flaubert, dotada de agudo senso crítico que o distanciou do exaltado gosto romântico da época, levou-o a tornar-se um dos maiores prosadores da França no século XIX. O romance Madame Bovary é a sua obra-prima. Baseado em fatos da vida real, o livro, que Flaubert levou cinco anos para escrever, causou forte impacto, a ponto de gerar o processo no qual o autor escapou de ser condenado à prisão, graças à habilidade da defesa, que transformou a acusação de imoralidade na proclamação das intenções morais e religiosas do autor. Nem moral, nem imoral, a narrativa é uma devastadora crítica das convenções burguesas do seu tempo.

E, então, curtiram as minhas escolhas? Peço que deixem os seus cobiçados nos comentários para que eu possa conhecê-los e, claro, cobiçá-los. Um beijo e até a próxima. 

18/12/2014

(Nova Parceria) Raquel Machado, Autora do Livro Vingança Mortal

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.”

Charles Chaplin.

É com imensa alegria que venho anunciar a primeira parceria que o blog fez com uma autora. Raquel Machado disponibilizou seu livro, Vingança Mortal, para que ele fosse resenhado e que mais leitores conheçam o seu trabalho. Fico muito feliz tenha escolhido o Eu e Minha Cultura para divulgar o seu trabalho. Obrigada pela confiança, Raquel. Conheça abaixo a autora, sua obra e saiba como adquirir o seu exemplar.

Sobre a autora: Raquel Machado é formada em Ciência da Computação, e participa do mundo das artes desde criança, sendo a literatura uma de suas maiores paixões. Há anos em meio à blogosfera literária e com histórias sendo escritas em rascunhos, decidiu tirar do baú suas ideias e compartilhar com o mundo. A autora reside no sul do Brasil, na cidade de Caxias do Sul/RS. Mora com os pais, quatro cachorros e uma estante cheia de livros.

ENCONTRE A AUTORA:
Email para contato: raquel.machado2014@yahoo.com.br 

A OBRA:

Sinopse: Ao receber uma ligação sobre a morte de sua melhor amiga, Brenda volta a sua cidade natal, Lageado Grande. Lá ela vai ao velório de Nicole, onde encontra seu rosto marcado por facas. Uma dúvida surge: será que realmente foi um acidente como todos falam? Ao voltar para casa algumas pistas aparecem, e Brenda fica obstinada a investigar a morte de Nicole. Ela decide, então, voltar as suas raízes. Porém, o tempo parece ter mudado muitas coisas, inclusive as pessoas que ela imaginava conhecer. Envolvida em uma rede de intrigas, dinheiro, drogas e traição, ela se vê prestes a montar um quebra-cabeça, onde cada peça parece se encaixar com extrema exatidão. E a solução para esse mistério, pode revelar um segredo escondido há muito tempo.
Edição: 1
Ano: 2014
Editora: Clube dos Autores / Amazon
ISBN: 1495987795
Páginas: 117
Formato: Impresso e Digital
Gênero: Suspense/Policial

Assista ao Book Trailer

VEJA MAIS INFORMAÇÕES DO LIVRO NESSES LINKS:

QUOTES:





OPINIÃO DOS LEITORES:





VOCÊ PODE ADQUIRIR O LIVRO DAS SEGUINTES MANEIRAS:
DIRETAMENTE COM A AUTORA
Para Público Livro Autografado + Marcador (com frete incluso) = R$25,00
Para Blogueiros Preço especial R$20,00 com frete incluso. Através de depósito em conta ou PAGSEGURO.
VERSÃO IMPRESSA
VERSÃO DIGITAL

16/12/2014

(Tag) Liebster Award

Já faz um tempo desde que eu respondi a última tag aqui no blog. Fui indicada para responder à tag Liebster Award pelo blog Caverna Literária. Agradeço à blogueira pela indicação. Inclusive, eu super indico esse blog, adoro visitá-lo. Achei essa tag bem interessante, pois vocês poderão me conhecer melhor.

A Tag consiste em 5 regras, sendo elas:

• Responder a todas as perguntas que foram feitas pelo blogger que te nomeou.
• Referir o link do blog da pessoa que te nomeou.
• Nomear 10 a 20 blogger com menos de 200 seguidores.
• Colocar 11 questões a quem nomeamos.
• É obrigatório informar os blogs da nomeação.

PERGUNTAS FEITAS PELO BLOGGER

1 – Se você fosse personagem de um livro, como você gostaria de ser (em atitudes, etc.)?
Não tenho dúvidas que eu seria a Rose Connolly do livro Jardim de Ossos (Tess Gerritsen). Ela é muito determinada, corajosa, aquele tipo de pessoa que parece ter esse mantra na cabeça: "Eu sou uma rocha, eu consigo".

2 - Qual ponto turístico você mais deseja conhecer? 
Difícil escolher só um... Eu gostaria de conhecer as pirâmides do Egito.

3 – Já gastou caro em um livro e hoje se arrepende disso? 
Na realidade, o livro não foi tão caro assim, mas eu poderia gastar esse dinheiro com uma história mais interessante. Não gostei muito de A Vidente (Hannah Howell).

4 – Qual é a comemoração que você mais gosta do ano (aniversário, natal, páscoa, etc.)? 
Ah, sei lá... Acho que o natal, pois é data que é comemorada a data de nascimento de Cristo.

5 – É viciado/a em algum jogo? Se sim, qual? 
Não.

6 – Aquele livro que te dá vontade de abraçar e não largar nunca mais, qual é? 
Paixão (Lauren Kate). Adorei o acabamento daquele livro e a história também.

7 – Que desenho você costumava assistir sempre quando criança? 
Nossa, são tantos. Eu assisti a todos os filmes da Barbie, Madagascar, Avatar - A lenda de Aang, Sem floresta, A Bela e a Fera, Pocahontas, Mulan, Power Ranges (eu sei que esse não conta rs).

8 – Qual livro te fez cair na real e refletir por um bom tempo? 
Meu Amor, Meu Bem, Meu Querido (Deb Caletti). Ele fez com que eu notasse que a minha felicidade não está e não depende de ninguém, apenas de mim e das minhas atitudes.

9 – Que personagem você gostaria de roubar pra vida real pra ser seu par romântico? 
Pergunta difícil... Nossa, são tantos! Eu queria a sensualidade do Patch (Sussurro), a inteligência do Robert Langdon (Anjos e Demônios), o imenso amor do Daniel pela Luce (Fallen) e do Jacob (Crepúsculo). #Pegadora!

10 – O que você admira mais: Danças formais, como valsa, ou mais despojadas, como sertanejo/eletrônico? 
Eu não danço nada, mas acho bonitas danças como valsa, que têm movimentos mais românticos.

11 – Que livro você acha que cairia bem adaptado pro cinema? 
A Batalha do Apocalipse (Eduardo Spohr). Toda aquela ação e jornadas épicas ficariam ótimas na telona.


11 QUESTÕES PARA OS BLOGUEIROS RESPONDEREM

1. Qual a história do nome do seu blog?
2. Você já notou alguma diferença entre um livro escrito por mulher e um livro escrito por homem?
3. Quantos livros pretende ler em 2015?
4. Você lê escutando música? Se sim, quais?
5. Qual livro você se arrepende de ter gastado seu tempo lendo?
6. Qual livro você queria esquecer que leu só para ler e se apaixonar novamente?
7. Qual personagem mais marcou você?
8. Gosta de ler clássicos da nossa Literatura?
9. Qual livro você mais gostou esse ano?
10. Qual livro você acha que todo mundo leu menos você?
11. Quantos livros já leu esse ano? 

BLOGS INDICADOS


Não vou cumprir a última regra. Alguns desses blogs têm mais de 200 seguidores. Visitem os blogs indicados (são ótimos). Ah, quem quiser  responder a tag, fique à vontade. Deixe o link das respostas nos comentários para que eu possa ver também.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...