29/05/2013

(Resenha) Os Estranhos Poemas Perdidos do Senhor Rumpel – Suzo Bianco

    

                                                                                       
Quando comecei a lê-lo vi escrito “Eram mesmo poemas?”  Bom, chamaremos de poemas/textos (risos). Tanto importa a definição desses escritos e sim o que eles nos passa.

É um livro completamente diversificado com poemas/textos que mais parecem páginas de um diário com reflexões sobre anseios, sentimentos, medos e vontades do ser humano, na visão do escritor/Senhor Rumpel. Há também alguns poemas/textos que são escritos em forma de carta e destinados a “sua amada bela”.



Ao acabamos de ler esses poemas/textos, paramos e começamos a refletir sobre a veracidade dos fatos que ali são descritos de forma tão peculiar e às vezes engraçada!



Falarei de meus poemas/textos prediletos (não desmerecendo o restante):



“manifesto da classe robótica”



“todos os dias nossa vida só acontece amanhã. Por que todos os “hojes” são usados para assegurar aquela mesma vida”, para mim, essa frase marcou, aliás, esse poema/texto foi o meu predileto, pois define perfeitamente nossa sociedade atual que “Todos os dias matam, todos os dias se matam”.

“Estamos trabalhando meu senhor, estamos trabalhando minha senhora, e é claro que nunca me esqueço de agradecer a vossa migalha” é uma triste realidade do nosso dia a dia.

Como podem ver alguns poemas/textos são apenas visões sobre nossa triste sociedade e sobre o ser humano e suas “correntes”.


“receita de porção “antimágica”” 

O resultado final e a indicação da receita antimágica são ótimos (risos)


"atenção: receita proibida para crianças e sonhadores" 

Para quem gosta de escrever recomendo o poema /texto sopros, como escrever

“completamente” e isso não é novidade que conta um pouco da arte de escrever.


É só isso, meus amados leitores, espero que gostem e saibam o verdadeiro significado dessa resenha: incentivá-los a ler esse livro incrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante e sempre bem-vindo!
*Você pode comentar sem ter uma conta do Google. Escolha a opção NOME/URL. No espaço para NOME, coloque seu nome/apelido e o espaço para URL não é obrigatório, mas se quiser, pode colocar o endereço de alguma rede social que possui.
*Blogueiros, deixem o link de seus blogs para que eu possa conhecê-los.
*Viu algum erro ortográfico no post? Desculpe-me, às vezes esses danados passam pela minha revisão. Bem, se não for muito incômodo, peço que use o formulário que se encontra na barra lateral direita desse blog para me informar do erro. Desde já agradeço a atenção.
Obrigada pela visita e volte sempre!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...